cotidiano


| Da Redação CBN São Carlos

Preço dos medicamentos mais usados na Santa Casa tem aumento de 85% em 2020

Alto consumo de certos fármacos durante a pandemia seria o principal motivo para a alta nos preços

Os dez medicamentos mais usados dentro da Santa Casa de São Carlos ficaram, em média, 85% mais caros entre janeiro e agosto, se comparados ao mesmo período do ano passado, conforme reportagem veiculada pela EPTV Central e divulgada também pelo G1 São Carlos.

De acordo com o provedor da Santa Casa de São Carlos, Antônio Valério Morillas Júnior, alguns medicamentos mais que dobraram o valor. É o caso da norepinefrina, usada no controle da pressão, que teve um reajuste de 510%. O omeprazol, usado para proteger o estomago, teve um aumento de 128%. Os dois são indispensáveis no tratamento da doença causada pelo novo coronavírus.   

A alta está associada ao aumento do consumo dos medicamentos para o tratamento da Covid-19, segundo informações da Fundação Instituto de Pesquisa Econômica.

Segundo o provedor, não foram apenas os medicamentos que tiveram alta, mas também as máscaras descartáveis (+340%) e as luvas (+200%). Esse reflexo impactou bastante no dia a dia da Santa Casa, já que o hospital presta serviço para o Sistema Único de Saúde (SUS). "A tabela SUS remunera 60% do que o hospital gasta, ou seja, a cada R$ 1 gasto, a Santa Casa recebe 60 centavos", explicou.

De acordo com o Ministério da Saúde, as adequações da tabela do SUS são feitas periodicamente, conforme prioridades estabelecidas e a partir de estudos técnicos.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da CBN São Carlos. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. CBN São Carlos poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook